Volte ao SPIN

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

terça-feira, 26 de maio de 2015

Plano da obra

Acho que ficou bom o plano da obra o plano da obra..,,,,isso que gostaria de ter tido em mãos lá no comecinho da vida do SPIN e não somente agora, o que teria levado à preservação e melhor aproveitamento do conteúdo.,,mas tudo bem.,,agora é deixar o "se" prá lá e mandar brasa daqui pra frente..,,..
Ah, amanhã é o último dia do mês
Não foi fácil mas consegui, agora é estar atento à destruição da obra por minhas próprias mãos ou de outrem, o que é natural no final da criação
Criação ou conquista ou vitória..,,., tanto faz...
Uma pequena fala com os spinautas
O normal é que se faça o plano antes e não durante ou depois da obra.
Ocorre que, para quem opera em ponto cego, nem sempre é assim pq nada é programado..,,,às vezes o planejamento é feito durante ou depois..,,..agora sim, tenho isso mãos,,,que bom se o plano que agora tenho o tivesse lá no comecinho, no primeiro MESversário....,,..e por falar em em em idade, o SPIN gostaria de parabenizar José Pepe Mujica, caraca ele completou 400 meses de vida.,,, ou 80 anos no tempo antigo ou revogado. Caro spin executor, parabéns pelos 400 mensários!

Túnel do spin ou grande mão ou mãe ou tudo se se se se se sese se se se se se...e


No momento estou na sala de espera do Hospital do Câncer e escrevendo ao iPad com o uso de um roteador móvel que o SPIN transporta pra usar o wi fi onde estiver..,,ocorre que ao atualizar este texto o mesmo fica em branco,,..dizem que a Aplle nos vigia e nos sabota ou bloqueia ou impede,..vai que é verdade.,,o Google já destruiu essa obra do SPIN e novamente tenta..,..continue lendo



No âmbito do Poder Curador temos os ALEX, sigla para Amparador da


.
Os Códigos das Relações Materiais Sociais, que são 3, ou seja, o 1 (espiritualidade), o 2(sexualidade) e o 3(sociabilidade), sendo que há um extra: O bode, sendo este o alvo do Poder Curador.

No âmbito do Poder Curador temos os ALEX, sigla para Amparador da Liberdade de Expressão, sim, não esta liberdade que temos atualmente que, como sabemos, é restrita aos membros da Casa Grande ou aliados de Globos ou Vejas ou Folhas ou Estadões. Na realidade atual rasa superficial, do calendário gregoriano, nós da senzala não temos nem mesmo direito de resposta quando atacados por essa imprensa vil preocupada em defender seus próprios interesses (i)mediatos.

Na cidade spin os espaços para manifestação dos indivíduos são muitos, sendo que no contato com o Poder Curador cada vivente constrói seu movimento, a história de cada vivente, não sendo isto um dever mas um poder de cada um, sendo que, poderá brotar de tais mensários obras de arte a serem exposta ao público, isso após passarem pelo crivo do Poder Curador, sendo que desta forma, a partir do espaço do consultório médico, via anamnese, o indivíduo se manifesta tendo em vista a eliminação da contradição entre os sócios da sociedade.

Na cidade spin o espaço, no caso uma sociedade ou acordo entre os sócios, que são os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas. Uma província não é uma sociedade pq de tão vasto foge à noção de que se trata de um espaço onde habitam as três individualidades ou sócios, que são os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas. Cabe ao Poder Curador, isto que chamamos de Judiciário, curar a contradição distância que há entre estes sócios e, prá isso, tem que se dar espaço para que as contradicções entre eles sejam manifestadas para que, assim, possam ser eliminadas curadas salvas.

A obra do SPIN

Imagine-


Imagine-se  aos 70 anos de idade vc ou o curador da sua vida tendo em mãos não apenas o seu primeiro mensário mas todos eles, do primeiro ao último, do número 1 ao 350, atento para o fato de que neste caso o tempo não é o do calendário gregoriano ou comum e sim o da cidade spin, onde o mes tem 73 dias, dos quais 70 são SPIN71. Como o SPIN conta o tempo em termos de mensários e não de anos, foge de aniversários como o diabo foge da cruz.
Possíveis temas para reconstituição de mensários extraviados:
No mensário 25(cinco anos na realidade comum), o SPIN levou uma surra da professora por ter comido o lápis na sala de aula talvez por fome ou ansiedade ou desatenção ou falta de prazer ou aversão àquele sistema de aprendizado preso num banco: a gente é pra ser traduzido compreendido.
No mensário 35(ou 7 anos no tempo comum), a construção do próprio cobertor, desde o plantio à colheita, quando madrugava para bater o algodão como parte do preparo das linhas, o que fazia na roda de fiar, ao final entregou os novelos para Mãe Preta, spin parteira e tecelã que, terminado o objeto, entregou-o pronto ao SPIN: dá prá sentir até hoje, em forma de memória afetiva ou lembranças do passado presentes, o cheiro daquela manta de tecido natural ou perfeito, o desenho traçado da spin tecelã. O mesmo processo foi repetido para a confecção de uma rede de dormir, também em parceria com Mãe Preta.
No mensário 50(ou 10 anos no tempo comum ou gregoriano) a mudança da roça para o meio urbano: diante do rio colossal, a admiração e o medo na travessia na margem do meio urbano. Estes e outros registros haviam sido reconstituidos mas, num determinado momento da história, jogou-os fora, não se sabe a razão, ah sim, a razão, de forma que aquilo que foi visto como inútil loucura teria sido preservado se existisse o Poder Curador, de curar, no lugar do Judiciário, de judiar***.
No mensário 280, em 7 de marte (56 anos no tempo comum ou raso ou superficial ou gregoriano) familiares fizeram festa em alusão à data, foi quando experimentou na própria pele a contradição mesversário vs aniversário no Village Park em Caldas Novas - Rio Quente. Houve sim o aspecto da alegria, da festa e do afeto, o que não apagou a sensação de que o evento guardava um segredo não revelado: para eles, mais um aniversário e, para o Spin, mais um mensário.
Se gostou daquela festa de mesversário. Sim, apesar da contradicção ou distonia vivenciada. Fez parte do mensário daquele mensário o registro do quanto estava feliz naquele ambiente, pois que o mesmo era uma corroboração à engenharia do SPIN, segundo o qual cada casa tem duas ruas, uma interna, de chão, verde, com fauna e flora, e uma outra, externa, para o tráfego de veículos. Tudo isso foi registrado em conversa via whatsapp com Alexandre Pereira, spin professor [de arte] da Universidade Federal do Amapá. O SPIN já não tem mais tal material, talvez as fotos, pois o diálogo foi apagado pelo aplicativo, não se sabe o motivo, coisa desse mundo "perfeito" que transforma tudo em lixo, o perfeccionismo ou racionalismo ê isso: destruição.
Fontes de pesquisa para a reconstituição do primeiro mensário do spin:
1- Significado da palavra "mensario"(Clique aqui )
2- No primeiro mensário a Lua Cheia: ''a Lua Cheia em 7 de janeiro de 1959'' (Clique aqui).
3- Naquele momento spin revolucionários apearam do poder o spin ditador Fulgêncio Batista. Resultado da pesquisa para ''o mundo em 7 de janeiro de 1959'' (Clique aqui)
4- O país naquele momento: notícas do Brasil(Clique aqui).
5- Como era o derredor: noticias da cidade(Clique aqui)
6- Imagens de "mensários" (Clique aqui)
*** Quanto ao uso deste verbo[judiar], Houaiss, spin linguista, apontou que a palavra resulta de “antiga tradição antissemita de origem europeia,” o SPIN não gostaria de usá-la, porque seu emprego é pejorativo mas, como tem muita judiação sendo adotada como vingança nos cárceres e não atacada pelo poder dominante ou pelos usuários das redes (anti)sociais, resolveu usá-la. A retificação ou substituição do termo será feita quando encontrar outra palavra(que não ''judiar'') para referir-se a este sistema judicial-midiático-verbalizador que trata seus inimigos de forma igual ao tratamento dispensado pelos spin nazistas aos spin judeus, com base no Direito Penal do Inimigo, então poder judiciário ou judiador, tanto faz.


SPINGNIFICADO

Spin: conceitual ou demonstrativo ou idéia ou plano ou obra ou poder ou vontade ou disposição ou âmago ou tempo ou ponte ou religare ou transporte ou palavra ou insghit ou inspiração ou transporte ou momentum ou acesse aquilo que pulsa dentro de ti: spin médico, spin cognitivo, spin narrativo...

SPIN de cada dia

SPIN01 SPIN02 SPIN03SPIN04 SPIN05 SPIN06SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10SPIN11 SPIN12 SPIN13SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17SPIN18 SPIN19 SPIN20SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24SPIN25 SPIN26 SPIN27SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31SPIN32 SPIN33 SPIN34SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38SPIN39 SPIN40 SPIN41SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45SPIN46 SPIN47 SPIN48SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52SPIN53 SPIN54 SPIN55SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59SPIN60 SPIN61 SPIN62SPIN63
SPIN64 SPIN65 SPIN66SPIN67 SPIN68 SPIN69SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73SPIN74



DO CALENDÁRIO DO SPIN


No calendário do spin , dos 73 dias 3 são feriados: Um na cidade-estado; outro em toda a bacia do rio x com suas cidades-estados às margens direita e esquerda e um terceiro dia parado em toda a Confederação de Bacias com suas cidades-estados, isso que chamam de país. Os meses do ano são: Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.

Feriados

Dos 73 dias dos quais 3 são feriados: Um municipal, outro em toda a extensão do rio com suas cidades às margens direita e esquerda, isto que chamamos de província; outro em toda a extensão do rio com suas cidades-estados às margens esquerda e direita, ou seja, regional, isso que chamamos de província, e um terceiro feriado, na confederação dos rios, isso que chamamos de país. Em ano bissexto o mês de Marte tem 74 dias, tendo portanto este mês 4 feriados. Este 4º feriado é planetário cósmico universal. Em dia feriado, inclusive no cósmico, tudo pára, de átomos a aviões ou pássaros. Trata-se de uma data importante no plano do spin, pois que é Dia da Reconstituição, quando toda a criação, do principio fim ao fim princípio é rememorada reconstituída demonstrada olhada sida. Este 74º dia a mais em marte é dia da posse dos eleitos
: Dia da (Re)constituição da criação, do principio fim ao fim principio.


Da divisão: E o tempo foi dividido em 5 partes...E o espaço foi dividido em 3 partes...: 5 + 3 = 8 ou infinito. E havia um espaço extra: A serpente ou ouroboros ou bode, um mistério...E o Spin Tradutor feliz disse: Ouroboros tem poder mas é o Poder i ou poderzinho ou ordinário: A antítese do Poder Ñ. Ñ ou D, tanto faz. E o i deu lugar ao ñ: Ñndño(Tradução: Indio) e, em seguida, ao D. E o Poder i continuou mas apenas enquanto transição para a nova realidade, até substituido pela vogal ñ, cuja pronúncia exige toque da língua no céu da boca.

Spin ou Poder ou Veneno ou Doce ou Morte ou Vida ou Ideia ou D: A História de Ideia. Agora sei: A História D. História Demonstrativa D Midas ou Isso que chamam de arte mas... não sei...Grato, Spin Tradutor. E nós precisamos é de tradução compreensão e não de repressão. Spin grato, D, spin tradutor


SPIN BODE (NA ALEMANHA)

Os códigos das relações materiais sociais são 3: Espiritualidade, sexualidade e materialidade. No entanto há um código extra, que está além dos códigos da vida: O bode

Num determinado momento da história um spin governante, no caso alemão, e poderia ser de outra nação, foi tomado por uma fixação surto de limpeza perfeccionismo como se pretendesse a higiene em todos os sentidos, a igualdade no sentido da padronização automatismo, como por exemplo, toda uma nação (a Alemanha) igual ao líder(H)1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1= isso que tende à padronização de tudo realismo, sei lá, essa exigência de que todos sejam iguais ao líder e não como deveria ser 1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#1#JL(Reconstituir)#Carla(Reconstituir)#Da Lata(Reconstituir)#
D´Arvore (Reconstituir)
Onde # quer dizer diferente
Você=Líder#Pedro#Joaquim
Ana=Líder#Paula#Antônio\=
Tradução: Você igual ao seu líder mas você diferente do outro pq o líder do outro outro que não o seu líder espelho (l)imit(ação) equação.
Curar ao invés de julgar ou: As instâncias de Poder Político na cidade spin
Na realidade spin a contradição se elimina com a contradição, ou seja, com a manifestação dela, assim como o a doença se elimina com a doença, ou seja, com a a expressão da enfermidade." Não somente as doenças como também os crimes, uma vez que na realidade spin não há nenhuma diferença entre crime e doença, sendo tanto um como o outro passível de cura por parte do Poder Curador. Cabe ao Poder Curador, através dos Centro de Dedicação aos Indivíduos a cura dos indivíduos, compreendendo-se o termo "indivíduo" não apenas como os seres humanos mas também os animais e as pessoas jurídicas. Na cidade spin a história da sociedade é a história da luta entre os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas. Uma cidade spin busca constantemente o fim da contradição entre os seus sócios. Não que a ausência total de contradições seja possível, nem é isso o que se busca, mas a sua demonstração e eliminação permanente e, quando isso for de todo impossível,..,,,.[Bode]****
*****Bode é, assim como a vírgula, um sinal de pontuação na gramática spin que, diferente da gramática da realidade rasa do calendário superficial ou gregoriana, contem ainda o sinal de deiscência, que uma espécie de traço de denominador comum onde na parte superior se escreve a palavra principal e, embaixo, todas as palavras relacionadas à palavra principal. Importante constar que na gramática não existe a letra "i', que força a língua prá baixo, sendo que em seu lugar há um n com um til em cima: ñ.,.quantos ñ forem necessários para equilibrar igualar aproximar os 2 lados do cérebro ou olho ou ser...


O CONHECIMENTO NA CIDADE DO SPIN

Ou: Movimento artístico para a alteração da realidade

Na cidade spin a história da sociedade é a história da luta entre os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas. Fazer certas afirmações, apontar certas leis que apesar de óbvias estão ocultas, pode ser interpretado como patafísica irrealidade, mas não se trata disso: O que se afirma é que o mundo existe para eles(animais) como sócios da sociedade.


Na cidade spin as mudanças são baseadas no conhecimento, sem o que é impossível se trazer à tona as contradições, analisá-las e eliminá-las: "Só há uma treva: a ignorância." (Citação atribuida a Shakespeare). A maior ignorancia é a resistência em aprender, disse Paulo Freire, spin pedagogo, humano. Isso vale para o Brasil bem como para o Egito, São Paulo, Ancara.... 

E não há revolução nas cidades-estados sem conhecimento por parte dos sujeitos, no caso a juventude, de forma que as manifestações de junho de 2013, a par do seu lado positivo, que foi o de demonstrar que é possível a mobilização, por outro lado há o lado negativo, que a juventude transformada em massa de manobra que terminaram por eleger, em 2015, um Congresso ultraconservador que trocou por exemplo lideres sindicais e defensores dos direitos humanos por gente tipo Caiado, Coronel Telhada, Bolsonaro, Serra, Eduardo Cunha, representantes de interesses das grandes corporações e conglomerados midiáticos que tem a guerra e o atraso como investimento e motor de propulsão.


Na cidade spin a política consiste na ação no sentido de eliminação da contradição entre os 3 sócios.

Na realidade spin, no lugar desta dialética há a trialética animais x humanos x jurídicos..,,,..os animais também e não apenas para as duas forças que foram consideradas por Marx como impulsoras do mundo, no caso os trabalhadores e o empresariado.

Por animal se entende desde o menor menor, como os vírus, aos maiores, como os dinossauros, enquanto as pessoas jurídicas, tantos as informais como as formais, de Igrejas a Supermercados.

Lá, não apenas os seres humanos e pessoas jurídicas mas também os animais possuem direitos, como por exemplo ao habitat e a preservação, por exemplo, contra os pesticidas, sendo-lhes garantido o direito à vida, como os demais sócios.

A cidade spin se baseia no poder curador, o que implica não em castigo mas cura quando do cometimento de danos aos demais sócios. Lá, não há diferença entre doença e crime, pois tanto um como outro são passíveis de cura pelo Poder Curador, isso que aqui chamamos de Judiciário.

spin
ñ
ñ
ñ

Repetindo, lá a cidade compreende acordo entre os sócios, sendo estes os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas.

Dos três sócios, apenas os animais não participam da forma como entendemos por participação, por exemplo não votam, isto face a baixa compreensão acerca da realidade que os cerca. A cidade spin compreende suas áreas urbana e rural, sendo o rio com as demais cidades, uma província.




ALEX NA CIDADE SPIN


Na realidade spin temos a figura dos ALEX, sigla para Aliado da Liberdade de Expressão, sim, não esta liberdade que temos atualmente que, como sabemos, é restrita aos membros da Casa Grande. 

Na cidade spin os espaços para manifestação dos indivíduos são muitos, sendo que no contato com o Poder Curador cada vivente constrói seu movimento, a história de cada vivente, não sendo isto um dever mas um poder de cada um, sendo que, poderá brotar de tais mensários obras de arte a serem exposta ao público, isso após passarem pelo crivo do Poder Curador, sendo que desta forma, a partir do espaço do consultório médico, via anamnese, o indivíduo se manifesta tendo em vista a  eliminação da contradição entre os sócios da sociedade, bom que se repita:

1- Indivíduos animais
2- Indivíduos humanos
3- Indivíduos jurídicos, como os abaixo relacionados que, é bom que se diga, não mantémqualquer relação com a Memória do SPIN, figurando aqui a título de ilustração, uma experiência, para ver como seria se fosse verdade essa coisa de publicidade.

É que, como disse e repito, na cidade ou realidade spin a palavra sociedade diz respeito a um determinado espaço, no caso uma cidade. Uma província não é uma sociedade pq de tão vasto foge à noção de que se trata de um espaço onde habitam as três individualidades ou sócios, que são os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas. Cabe ao Poder Curador, isto que chamamos de Judiciário, curar a contradição distância que há entre estes sócios e, prá isso, tem que se dar espaço para que as contradicções entre eles sejam manifestadas para que, assim, possam ser eliminadas curadas salvas.

Da participação política das pessoas jurídicas

Esta obra não tem qualquer relação de negócio com empresas, o que não quer dizer, que elas(empresas) são de todo imprestáveis, pelo contrário, as pessoas jurídicas de direito privado devem participar exercer seu papel social e inclusive votar e ser votada, de forma que na cidade spin uma uma empresa pode concorrer às eleições promovidas pelo Poder Curador e, nesse caso, o eleitor votará numa lista fechada na qual conste os nomes de todos os funcionários, do faxineiro ao gerente. O Poder Curador(isso que aqui chamamos de Judiciário) faz o sorteio, sendo que o nome sorteado terá assento na cidade-estado, para implementar políticas para a cidade e não para ela(empresa), na realidade atual as empresas participam na calada da noite através de compras financiamentos de campanhas eleitorais.

Na cidade spin a arquitetura contempla os códigos das relações materiais sociais, por isso tem, por isso cada casatem duas duas ruas, a de dentro e a externa.

A rua de fora é asfaltada, por onde trafegam veículos, sendo que a rua de dentro é, natural, contendo grandes árvores habitadas por pássaros. 

A arquitetura das residências leva em conta a necessidade que o indivíduo tem de ficar a sós consigo mesmo na perspectiva do infinito, bem como o ficar
com outro no sentido do afeto e, num terceiro momento, estar com outro(s) na perspectiva da sociedade, a vivência coletiva.


O Poder Curador na cidade spin existe para traduzir olhar ser os indivíduos animais ou humanos ou jurídicos


1- Na cidade spin os sócios são os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas.
2- A província, que compreende um determinado rio com as cidades-estado às margens direita e esquerda, de forma que os rios não são fronteiras ou esgoto mas o todo.
3- A União que, no caso, é a confederação de rios, isso que chamamos de Brasil. Brasília ou Chiang Ing ou Chia I.

As 3 realidades ou forças ou personas ou individualidades que formam a polis, incluindo a área rural: Os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas.

Os indivíduos existentes na sociedade, compreendida esta como cidade-estado, ficam sob constante observação do Poder Curador, isto que aqui chamam de Judiciário. O Poder Curador é a instância máxima da cidade spin. Na realidade spin não existe Poder Judiciário, isto pq lá é mais importante curar ou salvar do que julgar ou punir. Do nascimento à morte, o objetivo é a eliminação da contradição entre os sócios da sociedade(leia-se cidade-estado), a importância das pessoas jurídicas na realidade spin. Não apenas estas são importantes, como também os demais sócios da sociedade, que são os animais e os seres humanos e as pessoas jurídicas, sim, estas são importantes mas não apenas estas, igualmente importantes são os demais sócios da sociedade, que são os animais e os seres humanos, cada um ao seu mondo contribuindo, todos, da arquitetura que respeita os espaços para a vivência dos códigos da vida.

Os Códigos das Relações Materiais Sociais, que são 3, ou seja, o 1 (espiritualidade), o 2(sexualidade) e o 3(sociabilidade), sendo que há um extra: O bode. O bode ou buraco negro loucura estelar.

É esta a função dos ALEX, sigla para Amparadores da Liberdade de Expressão: A manifestação de si, uma vez que a liberdade de expressão é um bem maior, o que nada tem a ver com a atual liberdade de imprensa que, como sabemos, é restrita aos poucos da Casa Grande: Na realidade atual rasa superficial nós da senzala não temos nem mesmo direito de resposta quando atacados por essa imprensa vil preocupada em defender seus próprios interesses e os do baronato.

Alex para todos(as) os(as) spinautas


DO PROCESSO ELEITORAL NA CIDADE SPIN



Na cidade spin o eleitor vota para formar os parlamentos local, provincial e federal que, por sua vez escolhe, dentre eles, um para fazer as vezes de Poder Executor....Na pequena cidade de Santo Antônio do Descoberto o eleitor vota nos nomes que ele concluiu serem os melhores para representá-lo. Formado o parlamento, este elege, dentre eles mesmo, um para representá-lo no parlamento local, um segundo vai lhe representar na Assembleia Legislativa Estadual e um terceiro nome vai representar a cidade no parlamento federal...Isso quer dizer que o Congresso Nacional será um parlamento formado por representantes de cada um dos mais de 5 mil municípios, sendo que este super-parlamento escolhe, dentre eles, um para fazer as vezes de Poder Executivo..,,,..Uma questão: São Paulo, com milhões de habitantes teria, no Parlamento Federal, o mesmo peso de uma cidadela de 3 mil habitantes, sim...quem mandou a cidade inchar....na verdade cada cidade nem poderia passar de 7 x 100 mil habitantes x 7 mas aconteceu o que aconteceu: o inchaço urbano, SP está prestes a ficar sem água face a esta contradicção entre os sócios da sociedade.

Recall

Se na cidade spin o recall do chefe do Executor é feito pelo respectivo parlamento, na nossa realidade comum rasa superficial gregoriana isso é impossível, isso pq a nossa sociedade é enferma, por aqui impera o oligopólio da mídia e a Casa Grande, há sim distanciamento entre as classes sociais, de forma que, aplicar aqui o recall seria transformar os chefes do Executivo em meros despachantes de interesses da burguesia(pessoas jurídicas) que, como sabemos, controla o executivo, sendo que para a mudança deste quadro faz-se necessário uma reforma eleitoral que permita a eleição de pobres, como também de pessoas não filiadas a partidos políticos, neste caso uma lista de apoio seria apresentada ao Poder Curador da cidade-estado spin.

Um supermercado, mas não uma igreja(para evitar a teocracia) pode se candidatar ao parlamento, do qual sairá, dentre eles, um para fazer as vezes de poder executivo, desde que não tenha cometido crime ou doença contra os demais sócios da sociedade(leia-se cidade-estado).

O Poder Curador fará uma triagem de forma a impedir a candidatura de algum candidato, humano ou pessoa jurídica, que tenha cometido algum crime contra os demais sócios da sociedade, a saber: Animais, humanos e jurídicos.
Crime ou doença, tanto faz.

Se a pessoa jurídica roubou ou cometeu algum crime contra os demais sócios da sociedade, não poderá se candidatar.
O voto será em lista fechada.
No dia da apuração, vamos supor que a Pessoa Jurídica X tenha sido eleita.
O Poder Curador(isso que aqui chamamos de Judiciário) faz o sorteio.
Constam da lista todos funcionários, sem exceção.
Quem for sorteado tomará posse como representante e terá assento no parlamento, isso vale para as eleições local, regional(o rio com suas cidade-estados às margens direita e esquerda), confederação de rios(isso que chamamos país) e mundo.



A GOVERNANÇA NA CIDADE SPIN

Na cidade spin todo o poder emana das cidades-estados, de onde saem os representantes aos parlamentos local, provincial e nacional, os quais elegem, dentre eles, um para fazer as vezes de poder executivo.

Dos poderes que, como sabemos, não é apenas o Executor como também o Legislador e o Curador(ex-Judiciário). Quem pode votar e ser votado: Os seres humanos e as pessoas jurídicas.

Poder Executor, como já foi explicitado, resulta da indicação, por cada parlamento local, de um indivíduo, humano ou jurídico, para a formação de governos nos níveis cidade-estado, província e país.

O parlamento nacional indicará, dentre seus membros, um para integrar, por exemplo, o parlamento federal que, por sua vez indicará, dentre eles, um para fazer as vezes de Poder Executor, podendo do mesmo parlamento(local) sair representantes para os demais níveis de governo, inclusive presidentes do Mercosul e ONU.

O Poder Legislador é bicameral, ou seja, formado por duas Casas, a dos indivíduos humanos e das pessoas jurídicas, os parlamentos local, estadual e nacional são formados a partir de votação na cidade-estado.

De 4 em 4 anos, em ano bissexto, no dia 74 de marte, juntamente com a Festa da (Re)constituição da vida desde o principio-fim ao fim-princípio, é aberto processo de atualização da Constituição ou(Re)Constituição , isso que aqui chamamos de Constituição Federal.

Eleição na cidade spin

Na realidade spin podem se candidatar aos cargos eletivos os seres humanos(sem partido) bem como as pessoas jurídicas. Eu havia dito que, tudo bem, as Igrejas, partidos religiosos, podem se candidatar. Na realidade spin a maior virtude é a da retificação, o voltar atrás para dizer que errou, de forma que resta-me afirmar que errei ao afirmar isso(o direito à candidatura de Igrejas.) Claro que uma Igreja não pode se candidatar, pois isso seria porta aberta para a ditadura islâmica ou cristã ou judaica. Não à teocracia, sim ao laicismo. Um supermercado pode sim, se candidatar, desde que não tenha cometido crime ou doença contra os demais sócios da sociedade(leia-se cidade-estado).

O Poder Curador fará uma triagem de forma a impedir a candidatura de algum candidato, humano ou pessoa jurídica, que tenha cometido algum crime contra os demais sócios da sociedade, a saber: Animais, humanos e jurídicos. Crime ou doença, tanto faz. Cometeu crime contra os demais sócios da sociedade, não pode se candidatar.

O voto será em lista fechada para pessoas jurídicas.

No dia da apuração, vamos supor que a Pessoa Jurídica X tenha sido eleita. O Poder Curador(isso que aqui chamamos de Judiciário) faz o sorteio. Constam da lista todos funcionários. Quem for sorteado tomará posse como representante e terá assento no parlamento, isso vale para as eleições local, regional(o rio com suas cidade-estados às margens direita e esquerda), confederação de rios(isso que chamamos país) e mundo.

Na cidade spin o recall do chefe do Executivo é feito pelo parlamento. Bom que se entenda que o parlamentarismo na realidade spin se baseia noutros parâmetros que os da nossa realidade comum rasa superficial gregoriana. Por isso não faz sentido que o parlamentarismo seja praticado nos moldes da realidade atual, isso pq o sistema atual é enfermo, imperando por exemplo o oligopólio da mídia e a Casa Grande com seus interesses anti-povo: Há sim distanciamento entre as classes sociais, os pobres, trabalhadores ou pessoas de baixa renda não podem se eleger dentro das atuais regras eleitorais, de forma que, aplicar aqui o recall ou o parlamentarismo na realidade atual seria transformar o spin governante em mero despachante de interesses da burguesia(pessoas jurídicas) que, como sabemos, controla o a mídia, PF, Judicário, MP...

Lembretes, a título de reafirmação ou retificação

1- O voto distrital não é defensável para a realidade atual tão díspare e marcada pelo senhorio ou coronelismo ou poder econômico. Na realidade spin as pessoas votam em pessoas juridicas, como por exemplo a Casas Bahia que, se for eleita, é feito um sorteio dentre os funcionários da mesma para a escolha d seu representant spin legislador.

2- A morte das pessoas jurídicas não é defensável para a realidade atual, carcomida por si só, de forma que matar empresas doentes ou criminosas seria eliminar efeito e não causa. E a morte causaria danos maiores como o desemprego, queda no PIB e ocupação do espaço por corporações não menos corruptas. O cartel, as negociatas e a corrupção sistêmica são elementos intrínsecos ao capitalismo. Há tempos, quando todo mundo se desesperava com isso, Ignácio Rangel (1914-1994), que era realista e cético, dizia: “A corrupção é o creme do capitalismo. Não se desesperem, isso é sinal de que o capitalismo está se expandindo”. 

3- Negar ou amortecer a luta de classes é indefensável na realidade atual. Na realidade spin o que existe é a sociedade, entenda isso como sendo acordo entre os sócios, no caso os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas, o que no caso se dispensa a pecha de capitalismo ou socialismo, necessidades do mundo atual. 

4-A inexistência de partidos não é defensável para a realidade atual marcada por diferenças tão díspares, por castas sociais e interesses conflitantes..,,...uma sociedade na prática partida dividida, é natural o partido...de uma picaretagem sem fim essa coisa de "o meu partido é o meu país"...tá boa santa.,,.nem sempre foi assim.

5- Em observação: o spin precisa observar ou sonhar ou pensar sobre algumas coisas sobre as quais pairam dúvidas ou contradicção ou necessidade de retificação pela experiência..,,,alias isso, manifestar o erro para corrigi-lo é uma necessidade permanente em forma de perguntas, a saber:

Retificações

a- Eliminar a Casa dos Humanos nos parlamentos? Neste caso o spin e-leitor vota apenas em pessoas juridicas que, na realidade atual, participam às escondidas mediante financiamento privado para dos candidatos. Resposta: sim. Fica feita neste momento, 70 de jupiter de 2015, feita a retificação. 

b- Se as pessoas jurídicas corruptas ou criminosas ou doentes ou mentirosas ou q extorquem ou que praticam crimes ou doenças devem ser mortas? O spin não sabe: precisa apr(e)ender ou sonhar ou observar esta contradicção. Há n situações, que vão dos partidos politicos e religiosos às gangs chamadas torcidas organizadas, bem como empresas que geram a riqueza material, como por exemplo as construtoras.

c- Que pessoas jurídicas não podem participar das eleições? Por exemplo, as que roubam ou extorquem ou mentem em nome do spin deus ou seja as Igrejas. Permitir a candidatura de tais indivíduos[juridicos] seria abrir caminho para a ditadura teocrática.

Palavra final ou epílogo da obra do spin

A única certeza: a necessidade de retificação ou atualização permanente, para o que faz-se necessário manifestar a contradicção a fim de que a mesma seja eliminada tal como a doença que se elimina a partir da sua descoberta, daí a importância do esforço de todos os spin cientistas ou curadores ou cantores ou legisladores ou executores ou performers...


MOVIMENTOS DO SPIN


1-Rés do Chão, na casa do Edson Barrus, RJ, Rua Lavradio Reconstituir)
5- Arte, História e Poderes, exposição coletiva ocorrida no começo deste século no Museu das Bandeiras, em Goiás Velho. Curador: Paulo Veiga Jordão (Localizar algum registro).
6- Exposição na Galeria Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás. Não me lembro do nome da exposição. Curador: Divino Sobral. (Localizar algum registro).
7- Exposição na Galeria Artes Visuais da UFG, por ocasião do Encontro Nacional de Pesquisadores de Arte. (Localizar algum registro).
8- Exposição galeria da FAV, cuja curadora foi Selma Parreira, parece que ocorreu uma outra, esta curada por Anair Jorge, não tenho certeza.
9- Coletiva ocorrida na Bienal da UNE, em Goiânia. (Localizar algum registro).
10- Coletiva ocorrida na galeria da Funarte/DF, no Prima Obra. ( Localizar algum registro e linkar aqui)
11- Participação no MAPA- Mostra de Artes Performáticas. Participei com a performance "Você sabe onde fica o Morro do Macaco?" Curador: Marcos. Procurar algum registro, há uma foto numa folhinha da UFG. Procurar registro.

Individuais SPIN

1- Arte no Bosque para Loucos e Mendigos(Localizar, reconstituir)
2- Amor D. Arte veiculado através de um telefone virtual, as pessoas ligavam para uma secretária eletrônica cujo número foi publicado nos classificados de O Popular e ouviam a obra. Não tenho o registro.
3- Um obra que consistia em pessoa ligar para um telefone virtual(secretária eletrônica) para ouvir-me teclando uma máquina de datilografia. Procurar algum registro desta obra.
4- Obra com som parecido com sino, gravado numa Bienal de sp e veiculado para a população goianiense via telefone virtual. O som era fragmento de uma obra do artista plástico norte-americano Bruce Newman.

Obras entregues pelo SPIN ao Poder Curador da cidade-estado

Entreguei várias para para o spin médico Dr. Carlos Lima Melo, durante a anamnese. Ontem fiquei sabendo que ele faleceu, faz mais ou menos um mês. Como ter aquilo de volta se não tenho pista dos parentes do médico. A última obra entregue a ele, durante uma consulta de rotina, foi uma caixa trancada de carregar ferramentas, devidamente trancada, com segredos guardados em seu interior, com a recomendação de se abrir o objeto daqui a 50 anos, tenho que pegar aquela caixa de volta, na verdade eram coisas sob observação, eu estava precisando de um devido afastamento para a compreensão, tenho que buscar aquilo de volta para destruir.

Outras deixadas na Casa,,,esqueci o nome dos médicos....

Obras entregues ao spin cantor*
* Ney Matogrosso.

Arte sobre camiseta, entregue ao spin professor**
** Carlos Sena Passos

Publicações sobre SPIN

1- Crônica "Arte no Bosque para Loucos e Mendigos", por Brasigóis Felício, no jornal o Popular. No final da década de 80. Essa crônica integra um livro do Brasigóis, se não me engano, o título é Eles Não Beijam no Molhado, tenho que procurar o artigo.
2- Arte Fora do Eixo, de autoria do Carlos Brandão ou Ivair Lima, no Jornal Diário da Manhã, sobre minha participação na coletiva Prima Obra, na galeria da Funarte, no MinC, em Brasilia. Procurar o artigo.
3- Uma longa reportagem do jornalista Salvio Juliano, sobre minhas obras, foi necessário uma errata para corrigir o meu nome, que foi grafado erroneamente como Zé César. Procurar o artigo.
4- Publicação no jornal do Sintfesp, sobre uma exposição minha, não me lembro qual. Procurar o artigo.
....
Como pude jogar meu acervo no lixo? Só pode ter sido autossabotagem, preciso me curar.

5- Publicações usando nomes de personagens diversos na Opinião dos Leitores, do jornal Diário da Manhã, não me lembro em que anos ocorreram as publicações, décadas de 80 e 90. Lembrei de uma carta publicada na Revista Isto É, entre 1982 e 1983, 84, por aí, procurar...publicação na Opinião do Leitor, em O Popular...
6-Participação no coletivo Quarentena Bienal, um site, eram vários artistas, de todo o Brasil e exterior, os participantes. Procurar...,,
7-Publicações por e-mail para vários destinatários
8- A crônica Arte no Bosque...do Brasigois Felicio...
etc etc


SE SE SE SE SE


.

Nenhum comentário:

Escolha um idioma